3 otimizações imprescindíveis quando o assunto é UX

A otimização de sites e aplicativos é de extrema importância no mundo contemporâneo, que está cada vez mais digital. Investir na experiência do usuário é uma prática que coloca as empresas à frente, e aumenta as chances de fechar vendas em e-commerces. 

Segundo o site Small Biz Genius, 70% dos negócios online que falham, o devem à má usabilidade. A mesma pesquisa mostra que 48% dos usuários sentem-se incomodados com uma otimização móvel ruim. 

Está claro que o investimento em usabilidade gera retorno para as empresas, mas, por incrível que pareça, grande parte das empresas estão perdendo grandes oportunidades, já que apenas 55% das organizações realizam testes de UX

Quando o assunto é UX, 3 otimizações são imprescindíveis:   

  1. Seja prático: menos é mais 
  2. Estimule visualmente o usuário 
  3. Tenha um bom mecanismo interno de buscas

Entenda agora cada uma delas e veja o que é importante priorizar na otimização de sites e aplicativos

Menos é mais 

O site ou aplicativo precisa ser fácil de ser utilizado, o mais intuitivo possível. O usuário deve encontrar apenas opções úteis e inequívocas, e é inadmissível que ele fique perdido em seu site ou app ou que não saiba chegar onde quer. Controles de software confusos e ocultos desperdiçam o tempo do usuário e proporcionam uma experiência ruim. 

Um dos princípios fundamentais no design é que o produto, site ou aplicativo seja fácil e óbvio de se usar. 

O ideal é identificar elementos que os usuários possam achar enganosos. Esses elementos são aqueles que induzem os usuários a concluírem uma ação na página de forma não intencional. Para evitar esse tipo de falha entre a intenção do design e a ação do usuário, o melhor caminho é submeter o site ou aplicativo a testes de pessoas que realmente utilizarão o produto. Ou seja, é primordial que a avaliação do software seja feita pelos usuários finais.

Os candidatos à avaliação devem incluir pessoas que nunca encontraram o produto antes e não sabem nada sobre ele, e também pessoas que já experimentaram produtos semelhantes. Os designers podem se surpreender com características do produto que levam à confusão, erros e perda de tempo. Eles podem também obter ideias para melhorar a usabilidade antes de lançar um produto em um público desavisado. 

Estimule visualmente o usuário 

Se seu site não for atraente, a tendência é que o usuário o abandone rapidamente. Portanto, a experiência visual deve ser agradável e profissional, para que ele permaneça e não saia sem ao menos visualizar seus conteúdos, o que pode aumentar a sua taxa de rejeição. 

Aqui, o primeiro item também é válido, e menos é mais. É preciso haver equilíbrio e todo tipo de excesso deve ser evitado. 

As cores têm papel muito importante, mas devem ser utilizadas da maneira correta. Segundo o site Quicksprout, 80% do reconhecimento de marca se deve ao uso das cores e elas podem ajudar muito nas conversões. 

Porém, cores com excesso de contraste podem ser cansativas, e, por outro lado, um site monocromático pode ser entediante. Ainda conforme o Quicksprout, anúncios em cores têm 26% mais reconhecimento do que os em preto e branco. 

As imagens também devem ser escolhidas com atenção, devem ter boa qualidade, mas não podem ser pesadas para não comprometer o carregamento da página e o tamanho também deve ter equilíbrio para não tomar toda a atenção do leitor, mas ao mesmo tempo ser legível. 

Tenha um bom mecanismo interno de buscas

O objetivo da pesquisa interna é oferecer ao usuário uma maneira simplificada e eficiente de localizar rapidamente o que está procurando. Quanto menos atrito o usuário encontrar ao navegar em seu site, menor é a probabilidade dele ir embora e poucos segundos podem fazer a diferença. 

A caixa de pesquisa do site é uma das funções mais usadas (se não a mais) e quando o visitante sabe o que está procurando, temos uma oportunidade lucrativa de oferecer opções relevantes. 

Se a página que mostra os resultados da pesquisa interna trouxer itens não relacionados ou uma lista de links para classificar, esse usuário provavelmente irá para outro site. 

As ferramentas de busca do seu site devem ser fáceis de usar, e podem fornecer análises valiosas que podem ser utilizadas para entender melhor seus visitantes. Ao saber o que as pessoas estão buscando, você passa a reconhecer quais problemas estão tentando solucionar. 

Investimento que vale a pena

Portanto, não há dúvidas dos benefícios que a atenção à experiência do usuário trazem para o seu negócio, e investir em pesquisas junto aos usuários em potencial, e o cuidado com a otimização do seu site ou aplicativo só vão agregar às estratégias da sua empresa. 

Esse é um investimento que, apesar de ainda ser negligenciado por muitas organizações, é garantia de bons frutos para aqueles que apostarem em UX. 

Comentários

comentário(s)