Módulos para Magento no Brasil

O Magento Commerce vem com uma série de funcionalidades nativas, direto ao tirar da caixa. Basta instalar o software pra contar com gerenciamento completo de usuários, configuração de ofertas e descontos, controle de clientes e relatórios, entre tantas outras. Mas ser completo nunca foi – e segundo o Roy Rubin, CEO da Magento Inc., não será – a intenção dos desenvolvedores do software. Dentro do conceito de escossistema, há uma série de funcionalidades extras e customizações infinitas que só podem ser alcançadas com módulos de expansão.

Cerebrum - imagem: cerebrum.com.brUma das principais fontes (se não a principal fonte) é o Magento Connect, o serviço de módulos para Magento disponibilizado pela própria empresa. Ali é possível encontrar centenas de módulos – gratuitos e pagos – acessíveis e instaláveis com poucos cliques, a partir da interface disponível na própria loja virtual. A ideia desse post no entanto é apresentar uma empresa brasileira de desenvolvimento de módulos para Magento, a Cerebrum.

Posso estar enganado (espaço para comentários lá embaixo), mas a Cerebrum é a única empresa brasileira especializada em módulos para Magento e conta com uma gama completa de opções, abrangendo os principais meios de pagamento – há módulos para Cielo, Redecard, American Express, os principais boletos, além dos serviços de verificação de segurança, como FControl e ClearSale -, meios de envio como transportadoras e os Correios e módulos adicionais, como integração com o Google e atendimento online.

Como eu disse, há outras empresas que desenvolvem módulos, mas no meu entender a Cerebrum foi a única que fez disso o seu negócio principal, investindo em portfólio e em atualização dos seus produtos. Aliás, aproveitando o post, seguem alguns conselhos na hora em que você for comprar o seu módulo para Magento (seja no Brasil, seja no exterior):

  • verifique exatamente qual é a sua necessidade e quais requisitos o módulo deve atender. É sempre mais fácil decidir (ou receber ajuda caso necessário) se você souber exatamente quais funções são necessárias no módulo desejado
  • verifique a compatibilidade do módulo com a versão instalada; mesmo entre as modificações menores há chances reais de que os módulos deixem de funcionar
  • confira como funciona a licença adquirida: se ela permite instalação em um único domínio, se é múltiplos domínios, se há possibilidade de personalização ou se é obrigatória a exibição de anúncios ou disclaimers
  • cheque o suporte técnico e sua disponibilidade: há atendimento apenas por e-mail, tíquetes ou telefone, o quanto eles são ágeis em responder às dúvidas e pedidos de suporte
  • verifique qual é a política de devolução em caso de insucesso; isso não deveria acontecer, mas seguidamente um módulo funciona bem em um servidor, mas não funciona em outro (por diferenças nas configurações, por exemplo, ou bloqueio dos provedores)

Comentários

comentário(s)

5 respostas

Os comentários estão fechados.