6 dicas para não errar na escolha da plataforma de e-commerce

Plataforma de e-commerce

No mundo do e-commerce, são muitos os motivos que fazem lojas virtuais não prosperarem, frustrando tanto clientes, como seus proprietários. Porém, um erro muito recorrente é na hora de escolher a plataforma de e-commerce.

Assim, para não cometermos erros que podem colocar nossa loja virtual em risco, devemos estar sempre atentos em relação a qual plataforma é mais indicada para nossos negócios.

Eu já comentei aqui no blog como começar seu negócio de e-commerce (link do conteúdo “Começando seu e-commerce”), e hoje vou compartilhar 6 dicas para não errar na escolha da plataforma de e-commerce.

  1. Não tenha um conhecimento raso da plataforma escolhida e suas funcionalidades. Busque informações sobre ela, faça uma análise minuciosa das funcionalidades que você terá disponível, como por exemplo, se com ela poderá mensurar performance e resultados, relacionar-se com a mídia social por meio de listas de desejos e eventos, se terá diversas opções de gateways para pagamentos, ou se poderá realizar enquete e visualizar o seu produto em grade ou listas. E para saber disso e muito mais, se possível, questione também futuros concorrentes e até mesmo amigos;
  2. No nicho das lojas virtuais, integração é uma palavra que tem poder e traz diversos benefícios. Assim, sempre escolha a plataforma que apresente as melhores e mais completa opções de integrações. Seja com marketplaces ou outros sistemas;
  3. Muitos escolhem as plataformas Open Source, uma vez que, elas são complexas e com várias funcionalidades, porém essa escolha requer a contratação de um programador ou designer. Afinal, quem vai gerir e expandir seus negócios, manuseando esse tipo de plataforma robusta e cheia de possibilidades?;
  4. A sua plataforma precisa ter um suporte técnico adequado e que atenda suas necessidades e as dos clientes. Situações diversas podem acontecer no cotidiano e você tem que estar respaldado para que possa resolver essas questões de uma forma rápida e definitiva.
  5. Como sempre, devemos começar nosso negócio com visão presente / futuro, assim tendo uma visão analítica da nossa plataforma, pois conheço casos de pessoas com uma loja virtual em pleno desenvolvimento, que começou a enfrentar dificuldades, pois a plataforma escolhida não acompanhou o desenvolvimento de seu negócio, em questão de funcionalidade e limitação para com o volume de operações, trazendo prejuízo e muita dor de cabeça;
  6. Agora, não adianta você conhecer tudo sobre a plataforma e contratar uma empresa inexperiente para a implantação da sua plataforma. O processo da implantação tem de ser feito com total segurança e organização. A empresa precisa lhe oferecer criatividade, how-know para desenvolver seu projeto com qualidade e performance indiscutíveis. Dessa forma, sua loja virtual entrará para o mundo do e-commerce de uma maneira organizada e com diretrizes corretas.

Comentários

comentário(s)