Profissionais - imagem: dinamicagroup.com.brNo final do ano passado, deixei de trabalhar diretamente com desenvolvimento para focar em consultoria, em comércio eletrônico e marketing digital. Eu já vinha percebendo, há um tempo, a dificuldade de se arrumar bons profissionais em Magento, comprometidos e cientes de que não se aprende Magento do dia pra noite e que os bons profissionais no software requerem um longo período para estarem prontos.

Sinceramente eu não me imaginava que em seis meses a situação pioraria tanto. A maior parte das empresas e dos profissionais segue com muito mais serviço do que dá conta e pegando serviços que sabe que não pode cumprir. Desde fevereiro, estou dando consultoria para a Maguis, como sempre comento aqui no blog, mas ainda atendo diretamente e recebo muitas – muitas mesmo – consultas e pedidos para avaliação de lojas abandonadas. Sim, lojas abandonadas. É impressionante o número de empresas e profissionais free-lancers que estão sendo contratados para fazer lojas virtuais Magento e somem! Desaparecem durante o desenvolvimento, sem nunca dar retorno ou garantir o serviço feito.

Não pensem que pra mim isso é ótimo, porque me dá mais serviço. É extremamente desagradável quando eu tenho que atender clientes que têm lojas virtuais “pela metade” ou condenadas por práticas esdrúxulas de desenvolvimento, como não separar o tema e modificar o próprio tema padrão. Muitas vezes a loja não tem o mínimo de confiabilidade e precisa ser refeita do zero. Como vocês acham que me sinto sabendo que um cliente gastou cinco, dez, doze, às vezes vinte mil reais numa loja virtual inútil? Pior, que vai precisar investir novamente essa quantia para ter enfim sua loja virtual? Não é nada agradável, posso garantir.

Então, você que é desenvolvedor, abre seus ouvidos e escute: Não se aprende Magento em poucos dias! Não se consegue fazer módulos ou plugins apenas por saber PHP! Não se faz um tema da mesma forma que se faz em WordPress! Não, você não pode vender uma loja Magento sem nunca ter feito uma loja Magento antes! Se você já sabe mexer com Magento, lembre-se que existe uma capacidade de produção: não tente carregar mais do que os seus braços aguentam.

E você que tem uma empresa que vende lojas Magento, tudo o que foi falado acima continua valendo. Não se formam profissionais em um dia, invista já. Se não há cursos, monte uma palestra na universidade mais próxima e comece a despertar os talentos. Prepare sua equipe para crescer porque esse boom do comércio eletrônico só está no começo e ao que tudo indica o Magento também. Pode apostar!

Comentários

comentário(s)

17 respostas

Os comentários estão fechados.