Usabilidade

Aplicativos, sites, programas de computadores são partes essenciais de um mundo que é digital first. Por trás de cada um desses softwares estão empresas ou entidades que lucram com os usuários que utilizam suas funções. Mas uma experiência ruim afasta os consumidores e assim, empresas perdem oportunidade de gerar mais receita por não considerarem o verdadeiro valor do investimento em usabilidade.

Com orçamentos mais apertados e a necessidade de revisar as prioridades do negócio, a escolha de cortar o orçamento voltado para otimizar a experiência do usuário é um dos primeiros na lista de prioridades. 

Mas em 2022 essa escolha já se provou equivocada pela estratégia adotada pelas maiores empresas do ramo de inovação, agora, elas inseriram o gerenciamento das questões de UX e usabilidade entre os C-Levels. Esse movimento, reportado na pesquisa “The State of UX 2022”, da UserZoom, demonstra como a usabilidade é uma questão tática primária para os negócios. A novidade da entrada do assunto da usabilidade e UX entre C-Levels é ainda uma tendência pouco consolidada, onde apenas 13% das organizações têm um líder de UX no quadro executivo.

Apesar do baixo número de C-Levels dedicados ao assunto de UX, o valor de um software com boa usabilidade é claro: 88% dos usuários não voltam a um site se ele tiver uma experiência ruim, ou se não encontrarem com rapidez a solução para o seu problema, segundo o Mind Miners. Ou seja, apenas uma navegação ruim em um site é capaz de afastar definitivamente quase 90% dos usuários e a chave para evitar essa saída é proporcionar uma experiência amigável, intuitiva, acessível e prazerosa por meio de um bom design.

A pesquisa “The State of UX 2022” mostra ainda que o bom UX design impacta positivamente a satisfação do cliente e 62% dos entrevistados afirmaram que a boa usabilidade melhora a percepção da marca. Essa experiência positiva é um balizador que eleva KPIs como o número de usuários ativos, número de sessões em uma página, retenção e conversão.

Medir a qualidade da usabilidade de um site ou aplicativo deve ser visto como uma função altamente estratégica para o negócio. Isso porque, quanto melhor a usabilidade de um software, mais fácil a empresa entrega a seus clientes o que eles buscam e, consequentemente, entregando melhor os resultados, a empresa vende mais.

É necessário lembrar que essa entrega do que buscam os clientes passa por diversas frentes, como a facilidade da busca no site, categorização dos produtos na página, disposição dos itens e tempo de resposta da página. Inclusive, este último critério é um dos mais importantes quando o assunto é usabilidade: 53% dos visitantes de sites mobile saem de uma página que leva mais de três segundos para carregar.

Ou seja, além de cuidar dos atributos de uma página no desktop, a versão mobile não pode ser negligenciada. A Statista, uma empresa alemã especializada em dados de mercado e consumidores, estima que existam 7,2 bilhões de usuários de mobile no mundo – uma estimativa que tem tendência de crescimento e que deve ganhar destaque na hora de pensar o design de uma página. Afinal, o tráfego via smartphones também segue a tendência e hoje já responde por mais da metade dos acessos. Os usuários, consequentemente, precisam de boas experiências nos dispositivos para realizar ações nos sites com o mínimo de cliques possível. 

Essa busca por diminuir o caminho que o usuário faz entre entrar no site ou aplicativo e realizar uma ação de valor, como comprar um produto ou solicitar um orçamento, é uma otimização que deve ser feita usando os preceitos da usabilidade. Quanto mais rápido o cliente chegar ao objetivo de interesse da empresa, melhor. E é neste ponto que reside o valor da boa usabilidade.

O maior obstáculo para colocar em prática uma cultura centrada no usuário é o tempo, segundo 55% dos entrevistados na pesquisa “The State of UX 2022”. Apesar disso, 70% dos respondentes afirmam que a demanda por UX aumentou nos últimos anos – embora o orçamento para a frente permaneça o mesmo.  

A VitaminaWeb é a empresa capaz de driblar o maior obstáculo de todos, a falta de tempo, para colocar o seu negócio em linha com essa demanda mercadológica. Sua empresa ganha tempo, em retenção e em volume de negócios com as melhorias em usabilidade. Entre em contato para saber mais e fazer uma cotação.

Comentários

comentário(s)